Loading...

Tipos de fixação de pisos de madeira

Os pisos de madeira geralmente são fixados através de adesivos (colas), pregos e parafusos ou ainda utilizando-se os dois materiais simultaneamente, conforme o tipo de piso, visando aumentar a aderência da madeira a base.

A escolha do material de fixação é feita considerando o tipo de piso e suas características, como largura, estabilidade dimensional da madeira, presença de encaixes laterais, piso maciço ou engenheirado, aparência da superficie (com ou sem cavilhas), mas também em função do material da base, contrapiso de cimento poroso ou queimado, barrotes/granzepes e chapas de madeira (compensados, aglomerados, OSB, entre outros).

A seguir são descritos os materiais comuns para a instalação dos pisos e suas especificidades.

Adesivos e colas (instalação por contato)

Adesivo (cola) é definido como a substância que tem a capacidade de unir entre si, por contato superficial, peças de um mesmo material ou de materiais diferentes. Para a fixação de pisos de madeira por contato podem ser utilizados adesivos a base de água ou poliuretano.

Os adesivos podem ser classificados como monocomponentes e bicomponentes, conforme sua formulação e princípio de cura.

Os monocomponentes são produtos a base de resinas poliuretânicas ou de outras resinas solúveis em água, em que a evaporação do solvente pela secagem em contato com o ar promove a polimerização ou “cura” do adesivo.

Os bicomponentes são produtos a base de resinas do tipo epóxi e/ou poliuretano, que para a polimerização do adesivo é necessário adicionar um catalisador.

Embora se possa ter uma boa fixação do piso utilizando qualquer um dos adesivos, cada um tem suas características próprias.

Adesivos a base de água (colas PVA)

Têm boas propriedades de manuseio, resistência, flexibilidade e durabilidade, mas apresentam água em sua composição. A água presente nesse adesivo pode afetar a madeira e causar problemas relacionados à movimentação dimensional e aparecimento de fungos. Normalmente esta água deve ser adsorvida pelo piso de madeira e pelo contrapiso, mantendo-se o sistema em equilíbrio.

É importante frisar que o produto já sai de fábrica pronto para a utilização, não sendo necessária a adição de qualquer aditivo, principalmente água. Caso a formulação seja alterada, problemas podem ocorrer. A Figura ilustra a aplicação de um adesivo do tipo PVA.

O tempo de cura dos adesivos a base de água varia de acordo com a umidade relativa do ar no ambiente da instalação. Como este tipo de adesivo perde água por evaporação, é importante que o local seja arejado e ventilado, evitando problemas de adesividade por excesso de tempo de secagem.

Para mais manuseios no piso, como acabamentos, é recomendável aguardar de duas a três semanas para que ocorra a cura completa. O adesivo PVA é utilizado há muito tempo para instalação de pisos de madeira.

Entretanto, devido à água na sua composição e ao aparecimento dos adesivos poliuretânicos, existe uma tendência de queda na sua utilização.

Primeiro devido ao preparo incorreto de alguns instaladores que adicionam água no recipiente com a cola PVA, visando aumentar o rendimento e acabam por prejudicar a madeira.

Aplicação de adesivo PVA

E segundo pelo aumento de consumo de pisos prontos (já envernizados), que só devem ser instalados com adesivo sem água em sua composição. Isto porque a água deve ser absorvida pela madeira e posteriormente evaporada pela sua superfície para ocorrer a cura, mas o produto de acabamento (verniz) deste tipo de piso dificulta a evaporação, podendo causar defeitos, como os empenamentos.

Adesivos a base de poliuretano (colas PU)

Estes adesivos apresentam força e flexibilidade para a fixação do piso e são encontrados no mercado como mono e bi componentes.

Adesivos PU do tipo monocomponente geralmente apresentam maior tempo de trabalho, ou seja, maior permanência na superficie antes da colocação do piso. Por outro lado, os adesivos PU do tipo bicomponente têm um tempo de trabalho menor, já que o mesmo recebe a adição de catalisador para acelerar sua cura.

Normalmente os adesivos PU atingem sua resistência total em menos de 48 horas,portanto mais rápido do que a maioria dos outros adesivos. Isto significa que os pisos podem começar a fase de acabamento em período mais curto que os demais. A Figura ilustra exemplo de aplicação de adesivo PU.

Aplicação de adesivo PU

Material retirado do Livro Guia básico para instalação de pisos de madeira (Cap.5 páginas 53 á 55)

2018-04-19T12:17:01+00:00