Loading...

Entenda como funciona o gerenciamento do “selo de qualidade”

O gerenciamento do selo visa definir como vão funcionar ações relacionadas à permissão ou proibição do seu uso. A seguir são citados alguns detalhes ligados à utilização do selo da ANPM.

– As auditorias prévias para obtenção do selo são realizadas após solicitação das empresas.

– A auditoria inicial de pré-qualificação também objetiva treinamento de pessoal das empresas para familiarização dos documentos e procedimentos relacionados às especificações.

– Após aprovação em 3 auditorias consecutivas a empresa estará autorizada a usar o selo. Em caso de produtos não conformes, a empresa não poderá usar o selo e deverá solicitar uma nova auditoria quando considerar que os produtos atendem as especificações.

– A intensidade de auditorias, após a concessão do selo de qualidade para a empresa certificada, fica estabelecida da seguinte maneira: no primeiro ano, realização de auditorias bimestrais, estas agora programadas pela ANPM, ao contrário das anteriores da obtenção do selo, que eram solicitadas pela empresa; no caso de conformidade em todas as auditorias, a frequência passa a ser trimestral no segundo ano e, novamente em caso de conformidade, as auditorias passam a ser quadrimestrais a partir do terceiro ano. Isto significa que existirão 3 níveis de frequência, ou seja, quando os produtos das empresas estiverem atendendo às especificações a intensidade das auditorias vai diminuindo. Dessa forma, caso o produto esteja não conforme em alguma auditoria, a empresa vai retornar um nível, ou seja, vai se submeter a auditorias mais frequentes.- Fluxograma de execução para utilização do selo de qualidade- Em caso de reprovação no primeiro ano (nível 01), é suspensa a autorização para uso do selo e a empresa retorna à fase inicial.

– Em caso de reprovação a partir do segundo ano (nível 02), a suspensão do uso do selo deverá ser definida pela ANPM conforme a gravidade da situação. De qualquer forma, a empresa retorna ao nível anterior.

– No caso de duas não conformidades consecutivas a empresa perde o direito ao uso do selo e retorna a fase inicial de desenvolvimento.

– As auditorias prévias para obtenção do selo de qualidade são realizadas com agendamento prévio por solicitação da empresa produtora de piso. Podem ser realizadas nas empresas fabricantes, distribuidores ou clientes.

– A auditoria citada no item anterior deve ser solicitada com pelo menos 15 dias de antecedência, para programação do(s) auditor(es), e terão seus resultados apresentados em até 15 dias após o término da auditoria.

– As empresas integrantes do Programa de Qualidade devem assinar termo de compromisso aceitando os resultados das auditorias e as decisões da ANPM relacionadas ao sistema, inclusive penalidades. No caso de questionamentos de resultados e decisões, cabe ao Conselho de Administração da ANPM a decisão final relacionada à situação.

– As Especificações e documentos relacionados devem ser revistos periodicamente pela ANPM.

Detalhes do Selo de Qualidade

Empresas não estão autorizadas a usar qualquer selo de qualidade quando os produtos apresentam não conformidades acima dos limites estabelecidos nas normas técnicas.

O selo tem prazo de uso determinado pela ANPM conforme enquadramento nos níveis do sistema e aprovações nas auditorias. Esse controle objetiva fazer com que as empresas estejam permanentemente atentas com relação à qualidade dos produtos.

O selo atualmente utilizado considera o padrão de qualidade das empresas fabricantes. Pode ser aplicado em vários produtos. As empresas podem obter o selo após atendimento das normas técnicas vigentes.

No selo de qualidade deve constar número de identificação da empresa fabricante fornecido pela ANPM.

A ANPM é que define quais os produtos que estão autorizados a usar o selo de qualidade.

Material retirado do Livro Auditoria em Certificação da Qualidade para Pisos de Madeira (Cap.4 páginas 25 á 27)

2018-05-10T11:04:28+00:00