O MINEDH, Ministério da Educação e Desenvolvimento Humano de Moçambique, anunciou que irá fabricar mais de 800 mil carteiras escolares com madeiras confiscadas por estarem em situações ilegais.

Em março, o Ministério da Terra e Desenvolvimento Rural de Moçambique deu início à campanha “Operação Tronco”, que tinha como foco principal diminuir ao máximo a destruição dos recursos florestais já escassos do país. O ministro afirmou que o país chega a perder, no mínimo, 150 milhões de dólares por ano com contrabando de madeira.