As importações de madeira compensada quase não tiveram alterações em julho, com 207.604 m³. No acumulado do ano, as importações foram 6% maiores que em julho de 2016. O valor da madeira compensada importada ganhou um aumento de 5% em julho de 2017 em comparação ao mês anterior, passando a US$146 milhões.

As importações de madeira compensada vinda da China diminuíram desde que os Estados Unidos adotaram novas medidas antidumping, que são aplicadas quando o governo acredita que a tarifa cobrada por algum produto importado tem valor muito abaixo do nacional, causando concorrências desleais. Em julho, somente 49.820 m³de madeira compensada foram importadas da China, 41% a menos que o mês anterior. As importações do ano, até agora, caíram 5% em comparação com o mesmo período de 2016, de acordo com o relatório da ITTO.

Em compensação, as importações provindas da Indonésia aumentaram em julho. Os envios de madeira compensada da Malásia para os EUA aumentaram para 14.001 m³ em julho. As importações de fornecedores menores, como Camboja e Brasil, também aumentaram para compensar a grande queda das importações da China.